Início > Notícias > Obesidade infantil: Saiba como evitar

Obesidade infantil: Saiba como evitar

Você sabia que a obesidade na infância pode trazer sérias consequências para a criança? Nesse artigo, você irá descobrir quais são as causas e os efeitos do sobrepeso nessa fase tão importante da vida.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade infantil é determinada quando o peso de uma criança se encontra acima de 15% do seu peso médio, de acordo com a sua idade.

O índice de Massa Corporal (IMC) é uma medida internacional, usado por especialistas para calcular se uma pessoa está em seu peso ideal. As medidas do IMC são diferentes para adultos e crianças e elas variam conforme a idade e gênero.

Dados publicados pelo IBGE afirmam que no Brasil uma a cada três crianças estão pesando mais que o recomendado. Com isso, temos um aumento no índice de obesidade infantil em nosso país.

A OMS alerta que a obesidade infantil tem sido um dos maiores problemas na saúde pública no século XXI. É importante ressaltar que ela pode ser um dos fatores que acarretam doenças mais graves como:

– Diabetes

– Doenças cardiovasculares

– Hipertensão arterial

– Colesterol alto

– Má formação do esqueleto

Causas da Obesidade Infantil

A obesidade infantil pode ter várias origens como, por exemplo, má alimentação, fatores genéticos e o sedentarismo. Ela, também, pode se originar por uma combinação de todos esses fatores, por alguma doença hormonal ou até mesmo pela ingestão de medicamentos.

Especialistas alertam que, apesar de a influência genética ser uma das causas da obesidade infantil, o fato de os pais serem ou não obesos pode não implicar diretamente nas condições físicas do filho. Eles ressaltam que é muito importante que as crianças tenham uma boa alimentação e pratique atividades físicas regularmente.

A ansiedade e a depressão também são condições que podem afetar o peso da criança. Alguns médicos falam que quando uma criança ou adolescente sofre de ansiedade ela tende a comer mais, pois fazem da alimentação uma fuga da realidade.

Já as pessoas que sofrem com a depressão tendem a apresentar variações em seu apetite, o que pode prejudicar no seu peso. Eles ainda afirmam que, geralmente, as pessoas que sofrem com essa doença estão mais propensas a não praticarem atividades físicas e a consumirem mais doce.

Como evitar a Obesidade Infantil

A obesidade é uma doença muito grave, e que pode trazer problemas sérios para a saúde. Ela deve ser tratada com muito cuidado, veja algumas medidas que você pode incorporar na rotina das crianças para evitar que elas sofram com o sobrepeso.

Ter uma dieta balanceada

Uma dieta balanceada é a base para a prevenção de várias doenças, não só a obesidade infantil. É fundamental que a rotina alimentar seja rica em frutas, legumes e verduras. Já as massas, doces e carboidratos devem ser consumidos com moderação, pois eles contribuem para o aumento do peso, além de serem prejudiciais à saúde.

Criar uma rotina alimentar

De nada adianta comer bem nas refeições principais e durante o dia comer várias guloseimas. Os especialistas indicam que as crianças devem se alimentar a cada três horas, e nessas refeições priorizar o consumo de alimentos saudáveis, evitando sempre as guloseimas.

Praticar atividades físicas

A prática de atividade física é muito importante, pois além de auxiliar na queima das calorias ela proporciona uma melhor condição física para a criança, diminui o risco de doenças, como as cardiovasculares por exemplo, e ainda diminui o estresse e melhora o humor.

A obesidade infantil é uma doença muito grave e deve ser tratada com muito rigor. É importante que as crianças se sintam bem com elas mesmas e com seus próprios corpos, mantendo sempre um equilíbrio emocional e uma mente consciente.

#obesidadeinfantil #obesidade #equilibrioemocional #depressão #ansiedade #sobrepeso

Ver todos os artigos